Mas afinal, o que é um patrocínio?

Atualizado: 25 de ago.

Se tiver dificuldade para responder essa pergunta, fique tranquilo:

você não está sozinho.



De uma maneira geral, podemos resumir que patrocínio é uma forma das empresas se conectarem diretamente com seu público-alvo. Utilizam o patrocínio como uma ferramenta de marketing para criarem relacionamento e fortalecerem a marca, conquistando ou fidelizando mais clientes.



Sob um olhar técnico, patrocínio é a mistura de todos os componentes, ferramentas e estratégias que envolvem o marketing. Seu objetivo é utilizar, ao máximo, recursos como:


· Publicidade

· Branding

· Marketing Experiencial

· Captura de Leads

· MKT de Relacionamento

· Vendas, Prospecção Comercial

· Exposição nas mídias

· Lançamento e Inserção de produto

· Relações públicas

· Recrutamento

· Retenção

· Amostragem

· Marketing de conteúdo

· Marketing Digital

· Ponto de Vendas


São muitos os caminhos que podem ser explorados dentro de uma proposta de patrocínio. Basta saber exatamente qual é, ou quais são, os objetivos.



E quais são os tipos de Patrocínios?

Três principais tipos de patrocínio: Institucional; Promocional e Híbrido


Patrocínio Institucional: tem como objetivo, fortalecer a sua própria imagem ou da sua marca através da associação a uma causa (cultural, social, desportiva). A visibilidade, neste caso, vem através de seu posicionamento.


Patrocínio Promocional: utilizado por instituições que desejam, através dos eventos, promover seus produtos e serviços, a fim de obter ganhos comerciais. Mais importante do que gerar visibilidade, portanto, é alavancar vendas.


Patrocínio Híbrido: também conhecido como Misto, por misturar características dos dois tipos anteriores. Nesta modalidade, o patrocinador tem como meta, tanto a visibilidade através de seu posicionamento, quanto o ganho financeiro por meio de aumento das vendas.


Dentro de um projeto, pode haver vários patrocinadores e, para distinguir os níveis de patrocínio, existem algumas nomenclaturas que representam o patrocinador.


Direito de Assinatura (Naming Rights)

O Direito de Assinatura (em inglês, Naming Rights) é quando o beneficiado adquire o direito de representar o patrocinador, através de um evento ou em seu local físico, como é o caso, por exemplo, do Allianz Parque, em São Paulo ou um evento como da "Copa Santander Libertadores".


b. Patrocinador (Sponsor)

Nem sempre temos marcas/empresas que disponibilizam verba para assumirem sozinhas o valor total do investimento. Neste caso, o Patrocinador assume uma parte da responsabilidade financeira do projeto.


c. Co-Patrocinador (Co-Sponsor)

Muitas vezes, a fim de viabilizar um projeto com maior facilidade, o produtor pode optar por dividir as cotas de patrocínio em valores menores, para aumentar a atração de empresas. Neste caso, os detentores destas cotas serão os co-patrocinadores do evento. Por exemplo: você consegue, de uma única empresa, a captação de 70% das Cotas de Patrocínio. Os outros 30% restantes, são divididos em co-patrocinadores.


d. Patrocínio Apoio - Suporte (Permuta)

O apoio funciona como suporte para realização do evento através da oferta de serviços ao invés de dinheiro. Mais conhecida como permuta. Neste caso o ideal é procurar empresas prestadoras de serviços (limpeza, infra-estrutura, segurança) e estudar com elas a possibilidade de uma troca dos seus serviços pela exposição do seu evento.


e. Patrocínio de Mídia (Media Sponsor)

Ótima estratégia para atrair o público e ganhar ainda mais visibilidade. Uma alternativa interessante para usar estes serviços, é a obtenção de patrocínio ou apoio de empresas de comunicação, tais como TV, rádio, internet, bem como revistas específicas que tenham relação com o perfil do evento para a divulgação.


Os diversos modelos de patrocínio citados anteriormente, visam a captação de recursos.

Estes recursos podem vir das iniciativas privadas ou públicas, sendo estes, os dois formatos mais usados.


Iniciativa Privada: são empresas e indústrias, o mercado em geral. Aqui, você monta o projeto da forma que você achar melhor e apresenta diretamente a essas empresas.


Iniciativa Pública: aqui, você precisa enquadrar o seu projeto em alguma lei, seja federal ou estadual., como por exemplo, a Lei Rouanet.


Eu, particularmente, gosto de trabalhar somente com o patrocínio privado. É o caminho mais rápido e assertivo para captar recursos. As suas chances são imensamente maiores por conta do tamanho do mercado, ou seja, da quantidade de empresas e da autonomia sobre a construção do projeto.


Uma coisa muito importante que você precisa entender é que O PATROCÍNIO não é uma aplicação de um logotipo, O Patrocínio é uma audiência! Não é o que os Patrocinadores podem fazer por você, e sim, o que eles podem oferecer para o seu público.


No ebook O Guia Estratégico para Captar Patrocínios, eu explico a importância da audiência para encontrar os patrocinadores certos. E você vai ver também:


- Esqueça os pacotes Ouro, Prata e Bronze

- Ideias prontas para criar um pacote de mídia

- Método de prospecção com patrocinadores

- Quem são os reais e potenciais patrocinadores e muito mais...


BAIXE AQUI gratuitamente! O Ebook - O Guia Para Captar Patrocínios.



Um forte Abraço,


Jonattan Belluzzi

Produtor e Especialista em Marketing de Patrocínio


131 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo